Produtor audiovisual busca apoio para dar mais um passo no seu processo de transição de gênero

Por - 20 de junho de 2023

Thaigo Pitta iniciou uma campanha de arrecadação online, via pix, para conseguir realizar uma mastectomia masculinizadora. Mais do que uma cirurgia, o procedimento significa a realização de um sonho.

“Durante muito tempo, eu busco me sentir melhor de todas as formas com meu corpo, sinto que construí um vínculo de amizade com ele, algo que é muito transformador. Mas existem partes minhas, as quais não consigo mais criar esse laço afetivo e essas partes são os meus seios”.

Esse é o relato de Thaigo Pitta, uma pessoa trans que busca apoio, através de uma campanha de doações via pix, para realizar uma mastectomia masculinizadora. Mais do que uma cirurgia, o procedimento significa a realização de um sonho e um novo passo na sua jornada de encontro com a sua identidade de gênero.

Desde criança, Thaigo gostava da liberdade que sentia ao ficar sem camisa, imitando o comportamento do pai. Mas a medida que cresceu, os seios aumentaram e o sentimento de estar livre diminuiu, até desaparecer. “Eu usava sutiãs que eram quase binders (peças de vestuário utilizadas com o objetivo de achatar os seios), procurava os que apertavam muito e dormia com aqueles sutiãs porque [os seios] me incomodavam”, contou em seu relato publicado no Instagram.

Para conseguir viver mais uma vez sem camisa, se questionou sobre a possibilidade de retirar os seios por completo e não apenas diminui-los de tamanho. Quando falou sobre sua vontade em voz alta, as pessoas ao seu redor o reprimiram. “[Ouvi] frases como “você vai se mutilar?”, “então quer parecer um homem”. Tudo aquilo sempre era muito doloroso. […] Eu só queria ser eu, só que sem meus seios”, escreveu.

https://www.instagram.com/p/CtrSMwSL0TO/?igshid=MTc4MmM1YmI2Ng%3D%3D

Para Thaigo, produtor audiovisual e tatuador, realizar a mastectomia masculinizadora “é a atitude mais linda” que poderia fazer com seu corpo, de acordo com suas próprias palavras. “É um ato de cuidado e cura de todas as pressões do peito, além de poder viver sem me machucar por dentro e por fora”, afirmou ao compartilhar sua história na internet.

A cirurgia com a qual sempre sonhou custa caro, por isso busca doações por meio de uma campanha de arrecadação online. A meta a ser cumprida está estabelecida no valor de R$15 mil, uma quantia que será utilizada para pagar não apenas o procedimento e os custos hospitalares, mas também as passagens para Juiz de Fora, em Minas Gerais, onde Thaigo ficará hospedado até se recuperar durante o pós-cirúrgico.

As doações são direcionadas para uma conta no Picpay e a chave pix é [email protected].

Foto de capa: Thaigo Pitta.

Gosta do nosso trabalho? Então considere apoiar o Conquista Repórter. Doe qualquer valor pela chave PIX 77999214805 ou assine a nossa campanha de financiamento coletivo no Catarse. Assim, você nos ajuda a fortalecer o jornalismo independente que Vitória da Conquista precisa e merece!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • some
  • Somos uma organização de mídia independente que produz jornalismo local em defesa dos direitos humanos e da democracia no sertão baiano.
  • Apoie

© 2021-2024 | Conquista Repórter. Todos os direitos reservados.