Valdemir Dias: o líder da bancada de oposição na Câmara Municipal de Vitória da Conquista

Por - 11 de junho de 2024

Eleito vereador pela primeira vez em 2016, exerce atualmente o seu segundo mandato. Sua trajetória inclui passagens por diferentes secretarias no governo do ex-prefeito Guilherme Menezes.

Nascido em 25 de dezembro de 1967, Valdemir Oliveira Dias viveu boa parte da infância e adolescência na zona oeste de Vitória da Conquista, mais especificamente nas imediações entre os bairros Brasil e Ibirapuera. Filho de Valdemar José e Maria do Carmo, cresceu ao lado de sete irmãos. Seu pai trabalhava como motorista de ônibus, enquanto a mãe se dedicava a cuidar do lar e das crianças.

Casado há mais de 30 anos e pai de dois filhos, é graduado em Administração pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb). Aos 56 anos, é um dos atuais representantes do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara Municipal. Eleito vereador pela primeira vez em 2016, exerce atualmente o seu segundo mandato e, nas eleições municipais de 2024, estará novamente na disputa por uma vaga no Legislativo.

Não estava nos seus planos atuar na área pública, mas após 23 anos trabalhando em uma empresa privada no ramo de automóveis, recebeu um convite que mudaria sua trajetória. Era início do ano de 2009 quando foi chamado para assumir a diretoria administrativa e financeira da Câmara de Vereadores. A convocação partiu do então parlamentar Beto Gonçalves, filiado ao Partido Verde (PV).

Valdemir decidiu então aceitar o convite, mas sua ideia era apenas “passar uma chuva” naquele cargo. Não tinha pretensão de permanecer na Câmara por muito tempo. O que queria mesmo era montar o seu próprio negócio. Porém, o que era para ser uma situação temporária, o levou a construir uma carreira na administração pública e, posteriormente, a ocupar uma das cadeiras no Legislativo.

Antes de se tornar vereador, Valdemir Dias foi diretor administrativo da Câmara Municipal, em 2009. Foto: Ascom/CMVC.

Passagem pelas secretarias

Um ano após ter assumido o setor administrativo na Câmara de Vereadores, em 2010, foi indicado pelo PV, partido ao qual era filiado, para gerir a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, durante o governo do ex-prefeito Guilherme Menezes (PT). Ele pediu exoneração da Casa Legislativa e foi trilhar um novo caminho na Prefeitura. Uma vez que chegou lá, transitou entre diferentes pastas da gestão municipal.

Valdemir esteve à frente da Agência de Desenvolvimento, Trabalho e Renda (ADTR), que posteriormente se tornou uma secretaria. No final de 2012, a pedido de Guilherme Menezes, migrou para a Secretaria Municipal de Administração. Nessa mesma época, filiou-se ao PT. Quando assumiu a nova pasta, encarou a responsabilidade de coordenar a realização do concurso público municipal de 2013. “Foram mais de 62 mil inscrições, 42 mil pessoas homologadas. Foi um desafio, mas tivemos um trabalho exitoso”, conta.

Alguns meses depois, em agosto de 2013, foi convidado a ocupar o cargo de secretário de Educação de Vitória da Conquista. Mais uma vez, o chamado partiu do então prefeito Guilherme Menezes. “Foi uma experiência de muito aprendizado. A SMED tem quase metade dos servidores da Prefeitura e um orçamento gigantesco. É uma secretaria que envolve muitas áreas”, explica Valdemir.

Foram as pessoas com quem trabalhou na Secretaria Municipal de Educação que o incentivaram a disputar uma vaga na Câmara de Vereadores. Segundo o edil, por ter cultivado o hábito de trabalhar nos bastidores, inicialmente resistiu à ideia, mas depois foi convencido de que esse poderia ser um bom caminho. “Eu sempre digo que a gente não se candidata por si próprio. Você é candidato de uma equipe, de um conjunto de pessoas que acredita no seu trabalho”, afirma o parlamentar.

Eleições e mandatos

No ano de 2016, Valdemir Dias participou da sua primeira eleição municipal como candidato a vereador. Filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), obteve a quantidade de votos necessária para se eleger. Em 2020, na campanha eleitoral realizada em meio à pandemia da covid-19, conquistou o segundo mandato. Quatro anos depois, se prepara para mais uma disputa por uma vaga no Legislativo conquistense.

Na Câmara, o parlamentar é presidente da Comissão de Educação e membro da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final (CLJRF). Para ele, a atuação na CLJRF é uma das suas principais contribuições para Vitória da Conquista. “Essa comissão analisa todos os projetos de lei, tanto oriundos do Executivo quanto do Legislativo. É um trabalho árduo e de bastidor, mas muito importante para a cidade”, ressalta.

O vereador também destaca como legado dos seus mandatos a defesa da educação pública. “A gestão da educação no município está muito precária. Nós observamos o fechamento de escolas quilombolas sem nenhum critério e temos feito denúncias sobre isso. Outra questão que temos denunciado ao Tribunal de Contas do Município (TCM) é a precariedade do transporte escolar”, conta o edil.

Em dezembro de 2023, como membro da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, Valdemir Dias, junto aos vereadores Marcus Vinicius (PODE) e Edivaldo Ferreira Júnior (PSDB), propôs uma emenda para tentar impedir a diminuição do orçamento da Educação na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2024. Mas a proposta foi rejeitada pela maioria dos edis. Após a tramitação da matéria, o valor destinado para a pasta foi reduzido em R$72 milhões, de acordo previa a LOA enviada à Câmara pela prefeita Sheila Lemos (UB).

*’Os eleitos’ é uma série especial do Conquista Repórter que tem como objetivo traçar o perfil dos candidatos escolhidos pelos conquistenses nas eleições municipais de 2020 para os Poderes Legislativo e Executivo.

Gosta do nosso trabalho? Então considere apoiar o Conquista Repórter. Doe qualquer valor pela chave PIX 77999214805 ou assine a nossa campanha de financiamento coletivo no Catarse. Assim, você nos ajuda a fortalecer o jornalismo independente que Vitória da Conquista precisa e merece!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • some
  • Somos uma organização de mídia independente que produz jornalismo local em defesa dos direitos humanos e da democracia no sertão baiano.
  • Apoie

© 2021-2024 | Conquista Repórter. Todos os direitos reservados.