Artigo | “Defender a educação e impedir o golpe fascista”: Conquista terá ato em defesa da democracia neste 11 de agosto

Por - 10 de agosto de 2022

Manifestação é organizada pelo Fórum Sindicar e Popular de Vitória da Conquista, que convoca a população da cidade a ir às ruas contra a política genocida perpetrada pelo governo Bolsonaro nos últimos anos.

Nesta quinta-feira, 11 de agosto, a partir das 16 horas, representantes de sindicatos, movimentos sociais, partidos políticos e outros cidadãos de Vitória da Conquista estarão reunidos na Praça Nove de Novembro, na área central da cidade, contra o ovo da serpente, mais conhecido como Jair Bolsonaro. A manifestação é organizada pelo Fórum Sindical e Popular e busca combater, sistematicamente, as viúvas da Ditadura Militar (1964-1985) no Brasil.

Hoje, quase 40 anos depois, os remanescentes daquele período sombrio do país voltaram ao poder político a partir do golpe parlamentar ocorrido em 2016, que depôs a ex-presidente Dilma Rousseff. Vamos às ruas contra a principal viúva da Ditadura, o presidente Bolsonaro, que disse que esse regime deveria ter matado pelo menos 30 mil brasileiros e brasileiras.

Ao longo dos últimos anos, ele próprio perpetuou uma política genocida. Negligenciou todas as medidas e protocolos de combate à covid-19, difundiu discursos antivacina e fez o Brasil alcançar, de maneira trágica, a marca de mais de meio milhão de vítimas do novo coronavírus.

Bolsonaro também destruiu políticas públicas nas mais diversas áreas: da Saúde à Educação, da Assistência Social ao Meio Ambiente. Atacou diretamente os povos originários e quilombolas, sustentando o garimpo, o desmatamento e a pesca ilegal.

Mas, especialmente na Educação brasileira, sua gestão realizou cortes sistemáticos de verbas, criminalizou universidades e perseguiu docentes e discentes. Recentemente, Bolsonaro tem ainda inflamado, cada vez mais, um discurso contra a democracia, propagando mentiras sobre o sistema eleitoral que o levou ao poder. Por tudo isso, precisamos nos mobilizar neste 11 de agosto. Não fique de fora dessa luta!

*Herberson Sonkha é um militante comunista negro que atua em movimentos sociais. Integra a Unidade Popular (UP) e o Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB). É editor do blog do Sonkha e, atualmente, também é colunista do jornal Conquista Repórter.

Gosta do nosso trabalho? Então considere apoiar o Conquista Repórter. Doe qualquer valor pela chave PIX 77999214805 ou assine a nossa campanha de financiamento coletivo no Catarse. Assim, você nos ajuda a fortalecer o jornalismo independente que Vitória da Conquista precisa e merece!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • some
  • Somos uma organização de mídia independente que produz jornalismo local em defesa dos direitos humanos e da democracia no sertão baiano.
  • Apoie

© 2021-2024 | Conquista Repórter. Todos os direitos reservados.