Com ruas intransitáveis, moradores do Alto do Panorama cobram a atenção do poder público

Por - 14 de janeiro de 2022

Os problemas de infraestrutura no loteamento não são novos e pioraram após as fortes chuvas de dezembro. Com buracos, encanamento a céu aberto e desníveis, as ruas estão intrafegáveis e causam transtornos aos pedestres e motoristas.

“A situação das ruas do Alto do Panorama estava precária, mesmo antes das fortes chuvas”, explica Sônia Almeida, ao lembrar que o abandono do loteamento não é novidade para a população que reside no local. Ela e outros moradores protestaram em frente ao prédio da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista (PMVC) na última quarta-feira, 12, e solicitaram a pavimentação das ruas e a instalação do sistema de drenagem no bairro.

Na imprensa conquistense, por diversas vezes, as ruas repletas de buracos e intransitáveis foram noticiadas. De acordo com Sônia, a luta por melhorias na região já ultrapassa 20 anos. “Até o momento não tivemos resposta do poder público. Ainda na época da campanha [em 2020], eu presenciei uma reunião com a atual prefeita, onde foi falado que, a partir de janeiro, iria começar a pavimentação do bairro”, conta a moradora.

Porém, até a presente data, não houveram reformas ou obras no Alto do Panorama, mesmo com os dois empréstimos do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), que foram direcionados à pavimentação asfáltica de algumas localidades do município. Segundo Sônia, quando chovia, a gestão municipal enviava máquinas para realizar o patrolamento das ruas, mas “depois dessas últimas chuvas, não vieram mais máquinas aqui”.

Vídeo gravado por Sônia Almeida, moradora do Alto do Panorama, mostra a situação da rua principal do bairro.

Enquanto isso, as estradas intrafegáveis dificultam a vida de pedestres e, também, motoristas. Os ônibus já não conseguem transitar e, com os buracos, os moradores podem sofrer acidentes, mesmo caminhando.

O anúncio de um novo empréstimo destinado às obras no município que, caso aprovado pelo poder Legislativo municipal, será um investimento de cerca de R$400 milhões, trouxe mais esperança para a comunidade. Entretanto, no projeto enviado pelo Executivo à Câmara de Vereadores, o bairro não está na lista.

Ao Conquista Repórter, a Secretaria de Comunicação da Prefeitura informou que “com as fortes chuvas, não apenas os dois loteamentos mencionados, mas a maior parte das vias da cidade, foi danificada e a Prefeitura de Vitória da Conquista já está realizando trabalhos de recuperação”. Ainda de acordo com a nota, “os loteamentos Alto do Panorama e Alto do Panorama 2 estão no cronograma da Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra)”.

Foto de capa: Sônia Almeida

Gosta do nosso trabalho? Então considere apoiar o Conquista Repórter. Doe qualquer valor pela chave PIX 77999214805 ou assine a nossa campanha de financiamento coletivo no Catarse. Assim, você nos ajuda a fortalecer o jornalismo independente que Vitória da Conquista precisa e merece!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • some
  • Somos uma organização de mídia independente que produz jornalismo local em defesa dos direitos humanos e da democracia no sertão baiano.
  • Apoie

© 2021-2024 | Conquista Repórter. Todos os direitos reservados.