Câmara Municipal retoma atividades em meio a protestos contra o adiamento das aulas

Por - 2 de fevereiro de 2022

Sessão de abertura do novo ano legislativo contou com a presença da prefeita Sheila Lemos. Ela vem sendo duramente criticada após prorrogar o início do calendário letivo das escolas e instituições de ensino superior de Vitória da Conquista.

Com o fim do recesso legislativo, a Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) iniciou nesta quarta-feira, 2, as atividades de 2022. A sessão de abertura do novo ano reuniu os 21 vereadores da Casa e foi marcada por protestos da população contra o adiamento das aulas nas redes pública e privada de ensino, decretado pela prefeita Sheila Lemos na última segunda-feira, 31.

Presente na audiência, a gestora usou a maior parte do seu tempo no plenário para destacar obras entregues pelo município no ano passado e apontar as perspectivas e projetos da sua gestão para 2022. Ela defendeu a aprovação do Projeto de Lei que solicita autorização do Poder Legislativo municipal para a efetivação de um empréstimo internacional no valor R$72 milhões de dólares, proposta já aprovada pelo Ministério da Economia.

“Com esse dinheiro, vamos realizar o maior programa de obras da história de Vitória da Conquista. Em valores de hoje, será cerca de meio bilhão de reais para drenagem e pavimentação em pelo menos 15 bairros, contemplando cerca de 300 logradouros e beneficiando, diretamente, cerca de 150 mil pessoas”, afirmou a gestora. O PL não deve encontrar barreiras na Câmara para que seja aprovado.

Isso ficou claro na mensagem do presidente da Casa, o vereador Luís Carlos Dudé (MDB). Ele disse que “o município tem crédito porque está adimplente com suas contas”. Além disso, Dudé informou que a Câmara passará por duas mudanças em 2022: do Regimento Interno e da Lei Orgânica do Município. Segundo o edil, haverá ainda uma reforma na estrutura física da sede do Legislativo, o que deve afastar os vereadores do plenário entre abril e junho.

Prefeita e vereadores reunidos no Plenário Vereadora Carmen Lúcia, na manhã desta quarta-feira, 2. Foto: Secom/PMVC.

Manifestações contrárias ao adiamento das aulas

Boa parte do público que acompanhou a sessão foi ao Legislativo para protestar contra a decisão da Prefeitura de adiar o retorno das aulas presenciais em 2022. Pais, estudantes e até mesmo o vereador bolsonarista Augusto Cândido (PSDB), que faz parte da bancada de situação, levaram cartazes com críticas à medida tomada pela atual gestão municipal, que foi classificada como “hipócrita”.

“Uma semana de adiamento de aulas é pouco para a PMVC, mas muito para os estudantes, que estão há dois anos sem aula. A covid não desaparecerá em uma semana”, dizia um dos cartazes. A principal crítica dos manifestantes recaiu sobre o fato de a Prefeitura manter bares e restaurantes abertos, além de autorizar a realização de festas com até 1,5 mil pessoas, enquanto prorroga o início do calendário letivo de 2022, o que, segundo o movimento pelo retorno das aulas presenciais, representa uma falta de coerência da atual gestão.

A prefeita, Sheila Lemos, justificou a decisão e rebateu as críticas. “Nós tivemos em janeiro mais de 230% [de aumento] nos números de contágio entre crianças e adolescentes. O ciclo do vírus é de 7 dias, então nossa expectativa é de que os números reduzam ao longo dessa semana de adiamento. Festa e bar vai quem quer, já para as escolas, os alunos têm a obrigatoriedade de ir. Por isso, precisamos redobrar os cuidados”, disse.

Foto de capa: Ascom/CMVC

Gosta do nosso trabalho? Então considere apoiar o Conquista Repórter. Doe qualquer valor pela chave PIX 77999214805 ou assine a nossa campanha de financiamento coletivo no Catarse. Assim, você nos ajuda a fortalecer o jornalismo independente que Vitória da Conquista precisa e merece!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • some
  • Somos uma organização de mídia independente que produz jornalismo local em defesa dos direitos humanos e da democracia no sertão baiano.
  • Apoie

© 2021-2024 | Conquista Repórter. Todos os direitos reservados.