Com 55 novos casos da variante Delta na Bahia, secretária de Saúde do Estado ressalta importância de manter medidas sanitárias

Por - 21 de outubro de 2021

Análises da Fundação Oswaldo Cruz identificaram amostras da cepa em 47 municípios baianos; Ainda assim, nesta quinta-feira, 21, o governo estadual anunciou a desmobilização de 179 leitos para o tratamento de pacientes com covid-19

Nesta quinta-feira, 21, análises da Fundação Oswaldo Cruz registraram mais 55 amostras da variante Delta da covid-19 na Bahia. No total, o estado possui 190 casos da cepa detectada inicialmente na Índia, além de três óbitos em decorrência dela. Os dados, divulgados no site oficial do Governo da Bahia, mostram que a linhagem do novo coronavírus foi identificada em 47 municípios baianos.

As três cidades com maior número de registros da variante Delta são Salvador (39), Pé de Serra (19) e Lauro de Freitas (12). Em Vitória da Conquista, apenas um caso da cepa foi confirmado oficialmente, em 18 de setembro deste ano. Uma mulher de 39 anos foi infectada, mas se recuperou. Ela já havia tomado as duas doses da vacina Coronavac, segundo nota publicada no site da Prefeitura.

A secretária da Saúde do Estado, Tereza Paim, afirmou que a Delta é a variante que predomina entre as amostras sequenciadas. Ela é também a cepa com maior índice de transmissibilidade entre aquelas já identificadas na Bahia e no Brasil. Em entrevista ao Conquista Repórter, o infectologista Augusto Anibal explicou que a carga viral da linhagem, por paciente, é 1.260 vezes maior do que a de outras variantes previamente detectadas, como a Gamma, Beta e Alfa. 

Devido ao grande potencial de disseminação da Delta e a circulação de outras cepas, a secretária estadual de saúde ressaltou que é necessário seguir com o uso de máscaras e a vacinação contra a covid-19, tanto com a 1ª quanto com a 2ª dose. Já em Conquista, o vereador Ivan Cordeiro (PTB) propôs a desobrigação da utilização de máscaras. Segundo apuração do Blog do Sena, o parlamentar encaminhou uma proposição à Prefeitura, mas não há registros de indicações ou requerimentos sobre o assunto no site da Câmara Municipal.

Desmobilização de leitos covid-19

O Governo da Bahia também anunciou, nesta quinta-feira, 21, a desmobilização de 179 leitos para o tratamento de pacientes com covid-19, em cinco hospitais do estado. A informação foi divulgada por meio da resolução nº 215/2021, da CIB (Comissão Intergestores Bipartite), publicada no Diário Oficial do Estado (DOE).

Serão desativados 179 leitos para o tratamento de pacientes com covid-19. Foto: Ascom/Sesab

De acordo com o documento, serão desativados 40 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Metropolitano, 79 no Hospital Espanhol, 10 no Hospital do Oeste, 10 no Hospital Regional Costa do Cacau e 20 no Hospital de Campanha Covid-19 Ilhéus. Já em relação aos leitos clínicos, será feita a desmobilização de 14 unidades no Hospital Espanhol e seis no Hospital de Campanha Covid-19 Ilhéus.

Apesar da redução no número de infectados pelo novo coronavírus no estado, a Bahia registrou, nas últimas 24 horas, 672 casos de covid-19 e nove óbitos. Em Vitória da Conquista, nesta quinta-feira, 21, foram identificados 10 novos casos confirmados da doença e nenhuma morte. A taxa de ocupação de leitos de UTI está em 23,3% na cidade, enquanto o índice de utilização dos leitos clínicos é de 28,9%

Foto de capa: Leonardo Rattes/ Saúde GOVBA

Gosta do nosso trabalho? Então considere apoiar o Conquista Repórter. Doe qualquer valor pela chave PIX 77999214805 ou assine a nossa campanha de financiamento coletivo no Catarse. Assim, você nos ajuda a fortalecer o jornalismo independente que Vitória da Conquista precisa e merece!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • some
  • Somos uma organização de mídia independente que produz jornalismo local em defesa dos direitos humanos e da democracia no sertão baiano.
  • Apoie

© 2021-2024 | Conquista Repórter. Todos os direitos reservados.