Entre os 21 vereadores de Conquista, 6 foram a favor dos protestos contra o STF no 7 de setembro

Por - 9 de setembro de 2021

Durante sessão ordinária da Câmara Municipal dessa quarta-feira, 8, outros 6 parlamentares se mostraram contrários aos protestos bolsonaristas, 5 não mencionaram o assunto e 2 se mantiveram isentos; O vereador Ivan Cordeiro esteve presente em manifestação pró-Bolsonaro, em Brasília

Um dia após as manifestações contrárias e favoráveis ao governo do presidente Jair Bolsonaro, realizadas em todo o país durante o feriado de Independência, no último 7 de setembro, vereadores de Vitória da Conquista manifestaram suas opiniões sobre os atos. Os discursos foram feitos durante a sessão ordinária da Câmara Municipal dessa quarta-feira, 8.

Entre os 21 parlamentares, seis se posicionaram contra os protestos bolsonaristas, que pediam o fim do Supremo Tribunal Federal (STF) e uma intervenção militar. Outros seis afirmaram ser a favor das manifestações e cinco não mencionaram o assunto durante seus momentos de fala.

Em defesa do presidente Jair Bolsonaro e dos protestos contra as instituições democráticas, se posicionaram Nelson de Vivi (DEM); Subtenente Muniz (Avante); Drº Augusto Cândido (PSDB); Orlando Filho (PRTB); Edjaime Rosa Bibia (MDB) e Ivan Cordeiro (PTB). O último esteve presente nas manifestações em Brasília a favor do chefe do Executivo Nacional e, por isso, não compareceu à sessão da Câmara de Vereadores na quarta-feira, 8. Além disso, outros dois vereadores, Luciano Gomes (PCdoB) e Delegado Marcus Vinícius (PODE), também não estiverem presentes no plenário no 8 de setembro.

Luis Carlos Dudé (MDB), presidente do Legislativo conquistense, e Chico Estrella (PTC), se mantiveram isentos sobre os protestos. O chefe do Legislativo afirmou que “se hoje temos democracia, alguém teve que tomar muita porrada. Este país, por mais crises que passe, a gente sempre vai sair por cima, sair bem. É um país de gente forte”. Líder do governo municipal na Câmara, Estrella, por sua vez, disse que “devemos a todo momento respeitar a posição nas urnas, seja ela qual for”.

Nildo Freitas (PSC); Hermínio Oliveira (PODE); Adinilson Pereira (MDB); Lúcia Rocha (MDB) e Dinho dos Campinhos (PP) foram os vereadores que não fizeram menção aos protestos de 7 de setembro. Na lista dos parlamentares contrários aos pedidos dos bolsonaristas nas ruas, estão os integrantes da bancada de oposição: Andreson Ribeiro (PCdoB); Fernando Jacaré (PT); Viviane Sampaio (PT); Alexandre Xandó (PT); Ricardo Babão (PCdoB) e Valdemir Dias (PT). Os edis classificaram os atos como antidemocráticos, lamentaram os ataques feitos ao STF e tecerem críticas àqueles que defendem o voto impresso e a instauração de um regime militar no país.

*Os dados e informações foram extraídos do site da Câmara Municipal de Vitória da Conquista.

Foto de capa: Avoador

Gosta do nosso trabalho? Então considere apoiar o Conquista Repórter. Doe qualquer valor pela chave PIX 77999214805 ou assine a nossa campanha de financiamento coletivo no Catarse. Assim, você nos ajuda a fortalecer o jornalismo independente que Vitória da Conquista precisa e merece!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • some
  • Somos uma organização de mídia independente que produz jornalismo local em defesa dos direitos humanos e da democracia no sertão baiano.
  • Apoie

© 2021-2024 | Conquista Repórter. Todos os direitos reservados.